Estudo, Mensagens enviadas

RETRATO PSICOGRAFADO DE MARIA

RETRATO PSICOGRAFADO DE MARIA
Este retrato de Maria de Nazaré, é um retrato psicografado. O Espírito Emmanuel ditou, por meio de Chico Xavier, um retrato falado de Maria de Nazaré ao fotógrafo Vicente Avela, de São Paulo.

Esse trabalho artístico foi sendo realizado aos poucos, por volta da metade do ano de 1983, com retoques sucessivos realizados pela grande habilidade de Vicente, em mais de vinte contatos com Chico Xavier, na Capital paulista.

Chico deixou claro que a fisionomia de Maria, assim retratada, revela tal qual Ela é conhecida quando de Suas visitas às esferas espirituais mais próximas e perturbadas da crosta terrestre; como, por exemplo, disse-nos ele, na Legião dos Servos de Maria, grande instituição de amparo aos suicidas descrita detalhadamente no livro Memórias de um Suicida, recebido mediunicamente por Yvonne A. Pereira.

Vicente Avela destacou que, de fato, não houve pintura e sim um trabalho basicamente fotográfico, fruto de retoques sucessivos num retrato falado inicial, tudo sob a orientação mediúnica de Chico Xavier. Quando Vicente Avela concluiu a tarefa, com a arte final em pequena foto branco-e-preto, ele a ampliou bastante e coloriu-a com tinta a óleo (trabalho em que é perito, com experiência adquirida na época em que não havia filmes coloridos e as fotos em preto-e-branco eram coloridas a mão, dando origem à tela que foi divulgada).

Maria de Nazaré em sua vida espiritual, continua amparando com imenso amor maternal a Humanidade inteira.

Fonte: Anuário Espírita 1986

RETRATO PSICOGRAFADO DE MARIA

Este retrato de Maria de Nazaré, é um retrato psicografado. O Espírito Emmanuel ditou, por meio de Chico Xavier, um retrato falado de Maria de Nazaré ao fotógrafo Vicente Avela, de São Paulo. 

Esse trabalho artístico foi sendo realizado aos poucos, por volta da metade do ano de  1983, com retoques sucessivos realizados pela grande habilidade de Vicente, em mais de vinte contatos com Chico Xavier, na Capital paulista. 

Chico deixou claro que a fisionomia de Maria, assim retratada, revela tal qual Ela é conhecida quando de Suas visitas às esferas espirituais mais próximas e perturbadas da crosta terrestre; como, por exemplo, disse-nos ele, na Legião dos Servos de Maria, grande instituição de amparo aos suicidas descrita detalhadamente no livro Memórias de um Suicida, recebido mediunicamente por Yvonne A. Pereira. 

Vicente Avela destacou que, de fato, não houve pintura e sim um trabalho basicamente fotográfico, fruto de retoques sucessivos num retrato falado inicial, tudo sob a orientação mediúnica de Chico Xavier. Quando Vicente Avela concluiu a tarefa, com a arte final em pequena foto branco-e-preto, ele a ampliou bastante e coloriu-a com tinta a óleo (trabalho em que é perito, com experiência adquirida na época em que não havia filmes coloridos e as fotos em preto-e-branco eram coloridas a mão, dando origem à tela que foi divulgada). 

Maria de Nazaré em sua vida espiritual, continua amparando com imenso amor maternal a Humanidade inteira. 

Fonte: Anuário Espírita 1986

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s