Estudo, Odilon Fernandes

MEDIUNIDADE EM ESTUDO – Odilon Fernandes/ C. Baccelli cap 5

O MÉDIUM COMO INTÉRPRETE
6.  O  espírito que  se  comunica  por  um médium transmite  diretamente  seu  pensamento,  ou  então este  pensamento  tem  por  intermediário o  espírito encarnado  do  médium? —  E  o  espírito  do  médium  que é  o  intérprete, porque  ele  está ligado ao corpo que  serve  para falar  e  porque  é  preciso  uma  ligação  entre  vocês  e os  espíritos  estranhos  que  se  comunicam,  como  é preciso  um fio elétrico para transmitir uma notícia ao  longe  e  na  ponta  do  fio  uma  pessoa  inteligente que  a  receba  e  transmita.

Os  Espíritos  Superiores  definiram sem  rodeios:  “É  o  espírito  do  médium  que  é o  intérprete”!  Isto  significa  dizer  que,  em  todo comunicado,  notadamente  nos  de  natureza intelectual,  a  participação  do  medianeiro  é inevitável.

Em  nenhum  comunicado  do  Mais Além,  o  médium  é  mera  figura  decorativa. A sua  influência  intelecto-moral  é  decisiva. Assim  sendo,  que  o  médium  não supervalorize  a  questão  do  animismo  e tampouco  se  deixe  afetar  pela  opinião  dos que  teorizam  em  demasia  a  respeito. Cabe  ao  médium  filtrar  o  comunicado, ou  seja:  adequar  o  pensamento  do  espírito às  palavras  que  o  traduzam  sem  distorções comprometedoras. O médium  não  é  um  objeto  inanimado. Sendo  assim,  é  natural  que  haja  interferências de  sua  parte  na  recepção  da  mensagem transmitida  – interferências,  inclusive,  que  hão de  depender  de  seu  estado  de  espírito  quando do  momento  do  transe. Comparemos  o  pensamento  do  espírito  comunicante  a  uma  substância  líquida – água,  por  exemplo  -,  que  se  amolda  ao vasilhame  sobre  o  qual  se  derrama. Não  importa  se  a  água  é  servida  ao sedento  numa  caneca  de  alumínio  ou  num copo  de  vidro  – ela  não  pode  é  deixar  de  ser água,  perdendo  as  suas  propriedades.
Se,  por  exemplo,  a  água  se  transformar  em  vinagre,  deixará  de  cumprir  com a  função  de  dessedentar. O  médium  é o  recipiente  sobre  o qual  o  pensamento  do  espirito  se  amoldará, copiando-lhe  as  mais  discretas  reentrâncias. Podemos  dizer  que,  apenas  em  condições  de  excepcionalidade,  o  pensamento  do espírito  chega  aos  ouvidos  humanos  sem esta  ou  aquela  distorção.  Por  esse  motivo, Jesus  Cristo  dispensou  medianeiros  para  a sua  Palavra,  preferindo  vir  Ele  mesmo  para pronunciá-las  e  vivenciá-las!  Aliás,  para  o Pensamento  de  Jesus,  não  haveria,  como  não há,  médium  humano  à  altura. Consideremos,  ainda,  que  há  interferências  negativas  e  positivas.  Médiuns  que  auxiliam  e  médiuns  que  prejudicam.  Médiuns  que suprem  deficiências  e  médiuns  que  deturpam. Como,  pois,  não  interferir  é  quase impossível,  o  melhor  instrumento  mediúnico é  aquele  que  interfere  positivamente.  É  o  que se  torna  coadjuvante  do  espírito,  concorrendo, de  maneira  ativa,  para  o  bom  êxito  do intercâmbio.

Por  mais  profundo  seja  o  transe,  a participação  do  médium,  como  instrumento inteligente,  nunca  é  absolutamente  nula. Concluimos,  então,  sem  dificuldade, que  o  médium  necessita  estudar,  oferecendo ao  espírito  a  maleabilidade  intelectual  que lhe  seja  possível. Convém  esclarecer  que  os  espíritos comunicantes,  por  vezes,  principalmente quando  mais  elevados,  dão  preferência  a  um médium  com  certa  deficiência  intelectual, mas  que,  moralmente,  corresponda  às expectativas.  É  que  o  prejuízo  intelectual, neste  ou  naquele  comunicado,  é  mais  fácil  de reparar  do  que  o  prejuízo  de  ordem  moral. O prejuízo  intelectual  pode  ser  reparado com  palavras,  recorrendo  ao  dicionário  ou  até mesmo  aos  préstimos  de  um  bom  revisor,  ao passo  que  o  prejuízo  moral  pode  comprometer toda  a  essência  do  comunicado. Mais  que  o  seu  grau  de  cultura  geral  e conhecimento  teórico  da  Doutrina,  os  espíritos sérios  procuram  auscultar  a  intenção  do médium.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s